A Sigbol Fashion

Missão
Realizar os sonhos dos alunos, melhorando sua qualidade de vida, através da educação e formação profissional.

MÉTODO DE ENSINO SE TRANSFORMA NA ÚNICA REDE BRASILEIRA ESPECIALIZADA EM COSTURA, MODELAGEM E MODA

Há 48 anos no mercado, a Sigbol Fashion já formou mais de 100 mil alunos em mais de quarenta especialidades.

Uma ex-secretária disposta a colocar um antigo plano profissional em ação, uma jovem estudante decidida a abrir o próprio ateliê e uma professora de ensino fundamental seduzida pelas perspectivas oferecidas por uma nova profissão. A variedade de histórias dos alunos da Sigbol Fashion, única rede de franquia de cursos profissionalizantes na área de moda no Brasil, é tão grande quanto a diversidade de cursos oferecidos pela marca. São, no total, 48 opções oferecidas a estudantes de diferentes históricos profissionais, diversos níveis de conhecimento em moda e com distintos objetivos pessoais.

“Procurei nos cursos da Sigbol uma forma de me aprimorar em uma ideia que eu já tinha, que era de trabalhar com o segmento de Moda Pet”, conta Cristiane Pimentel, aluna da rede. “A escola me mostrou que eu poderia ir além, tanto que hoje eu produzo e vendo minhas próprias peças” acrescenta a nova empreendedora.

Além de preparar novos empreendedores, a Sigbol também qualifica profissionais para atuarem em grandes marcas. A jovem Aline de Moraes Alves, de 27 anos, atua no setor de desenvolvimento de coleções da Focus Têxtil, uma gigante da área, graças aos cursos realizados na Sigbol, que ela conheceu por intermédio da mãe e da tia, então alunas da rede. O curso de Visual Merchandising foi a porta de entrada de Aline para o mundo da moda e para as possibilidades que a Sigbol tinha a oferecer. Depois dele, vieram o curso de desenho básico e a especialização em desenho de moda.

“Durante a especialização, tivemos aulas sobre tecidos, e foi durante esse período que me interessei em me aprofundar na área têxtil, e acabei sendo convidada para integrar a equipe de desenvolvimento de jeans wear na Focus. Se não fossem aquelas aulas sobre tecidos que eu tive na Sigbol, eu não teria explorado e decidido me especializar nesse segmento que é tão pouco comentado dentro do mundo da moda. ”

Corpo docente estrelado

Revelar novos talentos que se destaquem no competitivo mercado da moda sempre foi um dos compromissos da Sigbol Fashion, e para alcançar esse objetivo, a marca sempre contou com um qualificadíssimo corpo docente. A fim de aproximar ainda mais os alunos do mercado de moda, o estilista, consultor de moda e stylist Dudu Bertholini foi convidado para atuar como coordenador da Sigbol Fashion em 2013. Durante aquele ano, participou diretamente da elaboração e análise dos conteúdos dos cursos oferecidos pela rede, assim como das atividades de consultoria em aula.

Aline lembra até hoje da oportunidade que teve de trabalhar com o estilista. “Participamos de um workshop com ele uma vez e foi incrível”, conta a estudante. “Ele é super dinâmico e muito aberto, então nos deu muitas dicas e nos ajudou bastante no sentido de mostrar como é a dinâmica de criação de uma peça. Assim como ele, os professores da Sigbol são muito prestativos, solícitos e, por atuarem no mundo da moda, e não apenas no meio acadêmico, sempre trazem novidades e atualidades.”

A consultora de estilo Leca Calvi, conhecida por atuar como estilista para marcas como Lucienne Phillip, Camila Riccó e Local Motion, também compartilhou com os alunos da Sigbol parte do conhecimento adquirido ao longo de seus 16 anos de experiência no mercado de moda. Ao longo de quatro anos, ela lecionou o curso de Personal Stylist na unidade da escola situada no bairro da Vila Mariana.

Ensino e experiência exclusivos

Os cursos da Sigbol Fashion, que abrangem da costura ao estilismo, têm início imediato e os alunos não precisam aguardar a formação de turmas, o que possibilita que matrículas sejam realizadas durante todo o ano. Os materiais didáticos, além de próprios e exclusivos, são atualizados regularmente, enquanto as salas de aula, além de confortáveis e personalizadas, são equipadas com diversas máquinas de costura e materiais de confecção, possibilitando que os alunos tirem o maior proveito possível das aulas.

O aluno da Sigbol Fashion conta com atendimento individualizado dentro de sala de aula, e tem a produção orientada e o progresso acompanhado diariamente pelos professores. Todo o corpo discente tem à sua disposição um ateliê de costura altamente equipado e de uso exclusivo fora do horário de aula. E uma vez que uma pessoa se torna aluna da Sigbol, ela se torna para sempre aluna da Sigbol. A rede oferece recursos de assistência técnica permanente para ex-alunos. Caso tenham necessidade após a conclusão do curso, eles podem agendar assistência técnica para rever o conteúdo, sem nenhum custo adicional por isso.

A adoção de recursos e serviços adicionais como esse fazem diferença na experiência obtida pelo aluno. Os números indicam que a marca está no caminho certo. Segundo levantamento feito pela rede, houve no primeiro trimestre de 2017, frente ao mesmo período do ano anterior, um crescimento de cerca de 37% na procura de alunos por unidades da marca. Já os cursos de corte e costura sob medida, corte e costura industrial, e moda pet, registraram um crescimento de 15%, 47% e 48%, respectivamente. O número de unidades franqueadas saltou 44% até agosto de 2017.

“Siga as bolinhas, e seu molde estará pronto”

A Sigbol Fashion adotou o sistema de franquias em 2011, mas sua história começou muito antes disso, em 1969, ano em que foi inventado pela italiana Elvira Nunari o método empregado pela escola profissionalizante. O método – siga as bolinhas e, assim, desenhe o seu próprio molde – parecia singelo, mas a proposta por trás da invenção era fantástica: simplificar a vida de milhares de mulheres que se dedicavam à arte da costura e, ao mesmo tempo, profissionalizá-las.

“Como boa parte das pessoas tinha dificuldade para fazer os moldes das roupas, minha mãe decidiu pesquisar métodos para simplificar o processo, e descobriu um no qual você seguia algumas bolinhas para preparar seu molde”, conta Aluízio Alberto de Freitas.

A mãe de Aluizio, Carmem Aparecida de Freitas, se tornou grande amiga de Elvira Nunari, que, consciente de sua idade avançada, decidiu vender a marca à brasileira. Carmem e o marido aceitaram comprar a editora Sigbol, que publicava o método utilizado no curso, e logo o negócio virou uma febre. A ideia foi um sucesso, o método conquistou muitos fãs, e as vendas mantiveram um crescimento vertiginoso por anos, até que começaram a surgir pedidos para que a família abrisse uma escola para ensinar a metodologia até então vendida diretamente aos consumidores através de anúncios em revistas.

Notando que as pessoas buscavam além do método inovador, orientações sobre modelos e modelagens, o pai do empreendedor, Aluizio José de Freiras, decidiu, em 1982, concluir a missão iniciada por Elvira Nunari e desenvolver o primeiro curso de costura e modelagem de roupas na Vila Mariana, em São Paulo, bairro escolhido para abrigar a primeira unidade da Escola de Moda Sigbol Fashion. Seu filho se envolveu nos negócios ainda cedo, aos 14 anos, e mais tarde fundou a rede de franquias Sigbol.